top of page

Sanepar lança edital de seleção de proposta para tratamento de lodo de estação de água

Divulgação Sanepar

A Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) lançou nesta segunda-feira (20) um edital de Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI), visando selecionar propostas de implantação, operação e manutenção de Estação de Tratamento de Lodo (ETL) na Estação de Tratamento de Água (ETA) Iguaçu, em Curitiba. Todas as informações sobre este chamamento público estão publicadas no site. https://site.sanepar.com.br/fornecedores/pmi-01-2023

A ETA Iguaçu é a mais antiga e a maior estação de tratamento da Companhia, com capacidade de 3.200 litros de água por segundo, sendo estimada a geração de 9,5 toneladas diárias de lodo (massa seca). As propostas deverão contemplar soluções técnicas, econômicas e ambientais para todo o processo de tratamento de lodo, indicando obras e investimentos necessários, operação e manutenção do sistema, redução da umidade, transporte e destinação e/ou aproveitamento do resíduo.

Podem concorrer pessoas físicas e jurídicas que têm prazo de 45 dias para o credenciamento. Nas etapas seguintes, a Sanepar divulgará o resultado dos que estiverem aptos a concorrer. Também está prevista uma reunião virtual, por videoconferência, com todas as empresas e pessoas cadastradas oficialmente no processo. Nesta reunião, a Sanepar apresentará o escopo do PMI de forma mais detalhada, e a sua expectativa com este chamamento público.

Em seguida, após um período de questionamentos, os concorrentes terão o prazo de 90 dias para entregar os cadernos com as soluções técnicas e Plano de Negócios para o Sistema de Tratamento de Lodo da ETA Iguaçu. As propostas serão avaliadas por uma comissão multidisciplinar das áreas de operação, investimento, financeira, administrativa e de meio ambiente da Companhia, que irá considerar critérios de experiência prévia, abrangência da proposta, eficiência do sistema, viabilidade econômica e aspectos ambientais.

VISITA VIRTUAL – Na elaboração da proposta, os concorrentes podem considerar o aproveitamento de todas as instalações existentes na planta atual da Estação de Tratamento de Lodo. Os credenciados poderão visitar virtualmente as instalações de toda a região da ETL que foi objeto de modelagem BIM (Modelagem de Informação da Construção, em português), com captura de imagens por drones e scanner3D. As áreas destinadas para as obras e ampliações estarão delimitadas nos elementos técnicos.

CONTRATAÇÃO – A partir do projeto selecionado, a Sanepar poderá abrir processo licitatório de empresa para executar a proposta, o que inclui a operação e a manutenção de toda a fase sólida da ETA, a partir da descarga de lodo dos filtros e decantadores. O autor do projeto selecionado será remunerado pela empresa que irá executá-lo. A modalidade PMI permite ainda que o próprio autor do projeto selecionado participe, direta ou indiretamente, do processo licitatório de contratação da execução.

A SANEPAR – A Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), que completou 60 anos em janeiro deste ano, está entre as principais empresas do setor no país. Atende a 345 municípios do Paraná e Porto União, em Santa Catarina. O índice de atendimento com água potável é de 100% da população urbana. Quase 80% da população tem acesso à rede coletora de esgoto, que é 100% tratado.

Além de ter indicadores acima da média nacional, a Sanepar destaca-se por sua política de valorização da inovação na busca por soluções mais competitivas que tragam resultados significativos na ampliação e melhoria de seus indicadores de atendimento, contribuindo com a saúde da população. A inovação é utilizada pela Sanepar como ferramenta de promoção de sustentabilidade, competitividade e eficientização de processos.


Foto: Arquivo Sanepar

7 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page