Estudos apontam que a estabilidade do coronavírus no ambiente depende de muitos fatores, tais como: temperatura, umidade do ar e natureza da superfície em que se encontra.
Os resíduos são compostos de diversos materiais, desde metais até plásticos, e devem receber atenção durante sua segregação, acondicionamento, armazenamento, transporte, tratamento e disposição final, a fim de evitar contágio e propagação do vírus.
Os resíduos produzidos em hospitais, postos de saúde, clínicas são considerados resíduos de serviços de saúde (RSS) e devem ser coletados e destinados a um tratamento especial que promova uma redução da carga e inativação do agente biológico.
Com a pandemia, diversos resíduos produzidos em domicílios passam a conter um agente biológico, por isso, alguns cuidados devem ser tomados para proteção e prevenção em época de pandemia.
A seguir, são descritos alguns procedimentos e cuidados importantes, que devem ser adotados não somente nos domicílios onde há suspeita ou confirmação, mas também naqueles sem suspeita ou confirmação da doença.

RESÍDUOS DOMICILIARES
Sem suspeita ou confirmação

1. Procedimento de separação e armazenamento – a separação do lixo comum e materiais recicláveis deve ser mantida nos casos em que a coleta seletiva esteja em andamento – o lixo comum deve conter o lixo orgânico e de banheiro – o lixo reciclável, se possível, deve ser armazenado durante 48 horas dentro do domicílio ou condomínio. No caso de condomínios, se possível, adicionar mais 24 horas de espera. Depois deve ser disponibilizado para o serviço de coleta. Essa ação diminui os riscos da contaminação, já que o virus sobrevive de 2 horas a cinco dias, dependendo do tipo de material (FONTE: KAMPF et al., 2020)
– Atenção: luvas e máscaras utilizadas devem ser depositadas junto ao lixo comum, de preferência no lixo do banheiro, para evitar contato com outras pessoas até o seu destino

2. Procedimento de retirada – ao retirar o lixo comum para coleta, utilizar saco duplo e não encher acima de 2/3 de sua capacidade – os materiais recicláveis, caso possível, devem ser retirados após 24h de armazenamento no domicílio. – como medida adicionial de higienização dos sacos de lixo comum sugere-se antes do seu fechamento a pulverização da parte interna com spray de água sanitária diluída (50mL de água sanitária em 1 L de água e depois fechar com um nó. Antes de sua retirada para depósito ou diretamente para a coleta, sugere-se pulverizar com spray de água sanitária (50mL de água sanitária em 1 L de água) na parte externa do saco.

3. Depósito – Em condomínios sugere-se que, além das 24h dentro do domicílio, o material reciclável seja mantido mais 24 horas armazenado em área comum. – O local de depósito até a coleta deve garantir que não haja contato com pessoas ou animais.

Lixo comum sem suspeita de contaminação – Positivo
Lixo comum sem suspeita de contaminação – Negativo
Materiais recicláveis sem suspeita de contaminação – Positivo
Materiais recicláveis sem suspeita de contaminação – Negativo

RESÍDUOS DOMICILIARES
Com suspeita ou confirmação

Todo resíduo gerado em residência com suspeita ou confirmação da COVID-19 deve ser direcionado para o lixo comum.
Sugere-se destinar junto ao lixo do banheiro, acondicionado em dois sacos de lixo preto. – Ao encher no máximo 2/3, passar spray de água sanitária diluída (50 mL em 1 L de água) na parte interna e fechar com nó. Antes de tirar o lixo para depósito ou diretamente para a coleta, passar spray de água sanitária (50 mL em 1 L de água) na parte externa. – a pessoa sintomática ou assintomática em investigação clinica e laboratorial deve, preferencialmente, fazer todo o manuseio do lixo gerado por ela e a ser jogado fora durante os quatorze dias de quarentena. – O local de depósito até a coleta deve garantir que não haja contato com pessoas ou animais.
– Atenção: lembrar de sempre higienizar as mãos com água e sabão, álcool 70 ou solução de água sanitária diluída, após manusear resíduos ou materiais recicláveis.Atenção: esses procedimentos são necessário por um prazo de 14 dias, podendo ser estendido por até igual período dependendo do resultado do exame laboratorial.

Cartazes sobre pessoa com suspeita ou confirmação de contaminação:

Pessoa com suspeita de contaminação – Positivo
Pessoa com suspeita de contaminação – Negativo

Posts sobre resíduos com suspeita de contaminação:

Posts sobre resíduos com confirmação de contaminação:

Cartazes sobre residência com suspeita ou confirmação de contaminação:

Casa com suspeita de contaminação – Positivo
Casa com suspeita de contaminação – Negativo

ESTUDOS DA ABES

Cartilha de melhores práticas para a prevenção do COVID-19 no manejo dos resíduos sólidos urbanos (RSU)
Recomendações para a gestão de resíduos em situação de pandemia por coronavírus (COVID-19)
Gerenciamento dos resíduos gerados nos cuidados com a COVID-19 nos domicílios